O PEQUENO PRÍNCIPE: resumo do livro e dicas de filmes

O Pequeno Príncipe: resumo do livro e dicas de filmes

Trouxe este resumo do livro "O Pequeno Príncipe", pois não poderia deixar de falar deste grande clássico da Literatura mundial. É um livro ótimo para ser utilizado em atividades escolares. Basta você ler o resumo que escrevi e você entenderá. Se você estava procurando um bom livro para trabalhar com seus estudantes, encontrou! Ao final deixo dicas de filmes e vídeos, além de um desenho completo e dublado do nosso grande personagem "Pequeno Príncipe".

o pequeno principe de Antoine de Saint-Exupéry

{getToc} $title={Conteúdos deste artigo 👉}

Introdução e contexto do Livro O Pequeno Príncipe

A obra “O Pequeno Príncipe” (título original em francês: Le Petit Prince), de autoria do escritor Francês Antoine de Saint-Exupéry, foi publicada em abril de 1943. Não apenas se tornando a obra mais famosa do escritor, mas também o livro francês mais vendido no mundo, resultando em um grande sucesso mundial.

Tornou-se um marco para a literatura, traduzido para mais de 160 idiomas e alcançando a marca de ser a terceira obra literária mais traduzida no planeta. 

Tendo seu lançamento acontecido em um período conturbado da história, em meio a Segunda Guerra Mundial, momento de grandes conflitos mundiais com notícias de sofrimento e morte, o autor, que era piloto civil, toca em temas envolvendo os nossos valores e a natureza humana, trazendo diversas reflexões e realizando críticas sobre a sociedade moderna e a forma como vivemos.

Resumo do livro O Pequeno Príncipe 

O livro conta a história de um piloto de avião que cai no deserto do Saara. Lá, ele encontra uma criança, o “pequeno príncipe”, e estabelecem uma relação de amizade. Essa criança, diz ter vindo de um planeta distante, o asteroide 325 (conhecido na Terra como B-612), e conta suas experiências carregadas de simbolismos, trazendo questionamentos e reflexões sobre a sociedade e a natureza humana. 

O espaço geográfico da história gira em torno dos planetas por onde o garoto passou e por fim o planeta terra. Não há a demarcação de um tempo histórico, somente a suposição de que girava em torno de 1943, ano da publicação da história. O tempo não segue a ordem cronológica e sim o tempo psicológico que segue os momentos vivenciados pelo garoto. 

O foco da narrativa é em 1° pessoa, pois o narrador também é personagem e onisciente de tudo o que se desenrola na narrativa, nesse caso o piloto do avião e juntamente com o príncipe são os dois protagonistas da história. 

pequeno principe
Por conter experiências humanas tão fortes, conflitos interiores e psicológicos, divisão em capítulos, podemos dizer que faz parte do gênero textual romance, mas também com algumas características de Parábola, devido à alegoria das situações apresentada com fundo de moral ou ensinamento. 

Iniciando a narrativa, o piloto começa contando sobre o seu trauma com desenhos, gerado pela repressão dos adultos. Seu desenho foi incompreendido por ser uma coisa e parecer outra, lição que pode ser transposta para a vida, já dando o tom que permeia toda a obra, situações de alegorias com um fundo psicológico, uma doutrina moral. Então o menino pede para que o aviador lhe faça um desenho.

 Na sequência ele conta os relatos de viagem do menino até chegar no planeta terra, passando por outros sete planetas. Em cada planeta ele encontrou uma pessoa diferente, com características associadas às figuras da sociedade. 

No primeiro, um rei vaidoso que pensa dominar todo o universo e que gostava de mandar, mas sem um poder legítimo. 

No segundo, encontra um homem vaidoso, que só ouve alguém quando é elogiado.

No terceiro planeta, um bêbado, que por vergonha de beber, bebe ainda mais, representando a fuga da realidade ao qual recorrem muitas pessoas. 

No quarto ele encontra um homem de negócios, que de tão ocupado, quase não percebe a presença do menino, assim como as pessoas que se tornam tão ocupadas que não aproveitam a vida. 

No quinto planeta ele encontra um homem que acende e apaga um lampião, de forma dedicada, realizando esta ação repetidas vezes, como as pessoas que realizam tarefas sem pensar criticamente sobre o que fazem ou fazem de forma automática. 

No sexto, um geógrafo, escritor de muitos livros, que possui muito conhecimento sobre outros lugares do mundo, mas nenhum sobre o seu próprio planeta, se justificando dizendo que não é sua função sair do seu escritório, ele o faz lembrar de sua rosa, objeto de seu amor, cheia de caprichos, vaidosa e orgulhosa, mas sendo pacientemente muito bem cuidada pelo príncipe, despertando sentimento de saudade neste. 

Depois, seguindo a sugestão do geógrafo, ele viaja para o último planeta, à Terra. Chega a um deserto onde encontra uma serpente, que fala por enigmas e lhe faz uma oferta: que seu veneno mortal poderia levar-lhe ao céu, oferta aceita posteriormente ao final da história, mas antes ele continua sua jornada. 

Descobre um jardim de rosas e fica decepcionado, pois, acreditava que sua rosa era única, posteriormente conhece a raposa, que lhe passa ensinamentos e conselhos importantes, como olhar as coisas com o coração. 

Ao final, preocupado com sua amada rosa, ele aceita a oferta da cobra, conversa com o piloto, que no dia seguinte não encontra o seu corpo nas areias do deserto, acreditando que o menino voltou ao seu planeta à sua rosa. 

Nesta rica história, todos os personagens possuem representações do comportamento humano, e é isto o que nos prende à sua leitura, o imaginário que se reflete no real e nos faz pensar um pouco mais sobre nossas atitudes, sentimentos, ética e valores

Como disse no início da postagem, devido à riqueza de interpretações, metáforas, alegorias, e filosofias, há inúmeras atividades escolares possíveis que podem ser criadas a partir da história do Pequeno Príncipe, se quiser conhecer algumas dessas ideias é só pesquisar na internet que com certeza você encontrará muitas.

Personagens do livro 'O Pequeno Príncipe - Um olhar profundo na obra de Saint-Exupéry

"O Pequeno Príncipe", escrito por Antoine de Saint-Exupéry, é uma obra atemporal que cativou leitores de todas as idades ao longo das décadas. Os personagens que habitam o mundo do Pequeno Príncipe são inesquecíveis, cada um representando lições de vida e valores essenciais. Logo abaixo, exploraremos alguns dos personagens mais marcantes e suas conexões com as mensagens universais do livro.

personagens do pequeno principe

O Pequeno Príncipe

O protagonista da história, o Pequeno Príncipe, é um jovem príncipe que viaja por diferentes planetas, aprendendo lições valiosas sobre amizade, solidão e a importância de cuidar de algo. Ele é um símbolo da inocência, curiosidade e imaginação, e seu encontro com cada personagem revela insights profundos sobre a natureza humana.

A Rosa - Asteroide 325 bis

A Rosa é uma flor única no asteroide do Pequeno Príncipe. Ela representa a busca pelo amor e a fragilidade das relações humanas. A história da Rosa ensina sobre a importância de cuidar e valorizar as pessoas que amamos antes que seja tarde demais.

O Piloto

O livro é narrado por um Piloto, um aviador cujo avião cai no deserto do Saara. Ele conhece o Pequeno Príncipe durante sua estadia no deserto. O Piloto representa o adulto que aprende com a sabedoria e inocência da criança interior do Pequeno Príncipe. Ele é também o narrador da história.

A Serpente

Antes de deixar o seu asteroide, o Pequeno Príncipe encontra uma Serpente que promete ajudá-lo a voltar para sua casa na Terra. A Serpente é um personagem enigmático que simboliza a incerteza e a transformação na vida do protagonista, agindo como um guia ambíguo em sua jornada.

O Rei - Asteroide B-612

No primeiro planeta visitado, o Pequeno Príncipe encontra um Rei que deseja reinar sobre tudo, mesmo que seja o único habitante. O Rei representa a busca pelo poder e como isso pode resultar em isolamento e futilidade.

O Bêbado - Asteroide 325

No segundo planeta, o Pequeno Príncipe conhece um Bêbado que bebe para esquecer a vergonha de beber. Esse encontro nos lembra da autodestruição e do ciclo vicioso que podemos enfrentar em nossas vidas.

O Acendedor de Lampiões - Asteroide 326

Em sua terceira parada, o Pequeno Príncipe cruza caminho com o Acendedor de Lampiões, cuja tarefa é acender e apagar lampiões incessantemente. Esse personagem destaca a futilidade de rotinas absurdas e a falta de sentido em certas atividades.

O Homem de Negócios - Asteroide 327

No quarto planeta, o Pequeno Príncipe encontra um Homem de Negócios obcecado em contar as estrelas, deixando de lado a beleza ao seu redor. Esse personagem simboliza a obsessão por riqueza e como isso pode cegar-nos para as alegrias simples da vida.

O Faroleiro - Asteroide 328

No quinto planeta, o Pequeno Príncipe conhece o Faroleiro, responsável por um farol solitário. Ele enfatiza a importância de ter um propósito na vida e de compartilhar esse propósito com outros, mas também ressalta a solidão que pode surgir sem essa conexão.

O Geógrafo - Asteroide 329

A última parada do Pequeno Príncipe é no Asteroide 329, onde encontra um Geógrafo que observa o mundo, mas nunca o explora. Esse personagem destaca a necessidade de viver experiências e explorar o mundo em vez de meramente observá-lo.

O Vulcão - Asteroide 325 bis

Ao lado da Rosa, o Pequeno Príncipe também se depara com um Vulcão, que simboliza a ameaça constante à sua Rosa e como o medo de perder o que amamos pode nos afetar.

A Raposa - Asteroide 327 bis

No sexto planeta visitado, o Pequeno Príncipe faz amizade com a Raposa, que o ensina sobre a importância de criar laços e vínculos verdadeiros com os outros. Sua famosa frase "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" destaca a importância das relações interpessoais.

O Homem - Asteroide Terra

Finalmente, o Pequeno Príncipe chega à Terra, onde encontra um Homem solitário que anseia por amizade e contato. Este personagem simboliza a natureza efêmera da vida e a busca universal por conexões humanas genuínas.

O Carneiro - Terra

Durante sua estadia na Terra, o Pequeno Príncipe se depara com um Carneiro que pede a ele para desenhar um carneiro, revelando a importância da imaginação e da visão de mundo das crianças.

A Jiboia - Terra

Enquanto explora a Terra, o Pequeno Príncipe também menciona a Jiboia, uma cobra que come um elefante. Embora as pessoas confundam sua imagem com a de um chapéu, o Pequeno Príncipe vê a verdade sobre a imagem da Jiboia.

O Carneiro e a Jiboia não são personagens individuais no livro "O Pequeno Príncipe". Eles são mencionados apenas em passagens breves e não têm um papel ativo na história. A menção ao carneiro refere-se a uma ilustração feita pelo Pequeno Príncipe a pedido de um adulto, que confunde a representação de um carneiro com a imagem de um chapéu. A Jiboia também é mencionada apenas brevemente, quando o Pequeno Príncipe comenta sobre a dificuldade que os adultos têm em reconhecer suas ilustrações.

Esta parte da história destaca que as crianças, como o Pequeno Príncipe, têm uma imaginação rica e podem ver coisas que os adultos muitas vezes não conseguem mais ver. A confusão da Jiboia com um chapéu ilustra como as preocupações e a falta de imaginação podem tornar os adultos insensíveis à magia e à criatividade que as crianças enxergam no mundo.

Filmes e desenhos do Pequeno Príncipe

Há também algumas produções em vídeo, e no final da postagem vou disponibilizar um desenho do Pequeno Príncipe completo e dublado, baseado na versão original do livro.

O Pequeno Príncipe (2015), dirigido por um dos diretores do filme Kung Fu PandaMark Osborne.

Ficha técnica O Pequeno Príncipe (2015)

Lançamento: 20 de agosto de 2015 no cinema 

Duração: 1h 47min / 

Gênero: Animação

Direção: Mark Osborne

Roteiro Antoine de Saint-ExupéryBob Persichetti

Elenco: Larissa ManoelaMackenzie FoyMarcos Caruso

Título original The Little Prince

Fonte: Adoro Cinema


O Pequeno Príncipe (1975) dirigido por Stanley Donen


Ficha Técnica: O Pequeno Príncipe (1975)

Lançamento: 13 de janeiro de 1975

Duração: 1h 28min 

Gênero: Comédia Musical, FantasiaFicção científica

Direção: Stanley Donen

Roteiro Alan Jay LernerAntoine de Saint-Exupéry

Elenco: Richard KileySteven WarnerBob Fosse

Título original The Little Prince

Fonte: Adoro Cinema

As Aventuras do Pequeno Príncipe, uma série de animação japonesa para TV, no formato de anime, produzida em 1978, com 39 episódios (sendo que só 26 passaram aqui no Brasil e EUA), inclusive esta série foi recomendada pela Associação Nacional de Educação dos EUA. 

Ficha técnica As Aventuras do Pequeno Príncipe
Título original: Hoshi no Ōjisama Puchi Puransu
Estúdio de animação: Knack
Período de exibição: 4 de julho de 1978 – 27 de março de 1979
Emissora do Brasil: SBT

Todas estas produções podem servir de complemento para atividades escolares, ou mesmo para você apreciar e conhecer outras interpretações e versões adaptadas para TV e cinema. Como mencionei antes, logo abaixo estou compartilhando o desenho do Pequeno Príncipe completo e dublado mais próximo da versão original do livro👇

Desenho do Pequeno Príncipe

15 Perguntas Mais Frequentes sobre O Pequeno Príncipe

O "Pequeno Príncipe" é um livro que cativou o coração de leitores de todas as idades em todo o mundo. Publicado pela primeira vez em 1943 pelo autor e ilustrador francês Antoine de Saint-Exupéry, esta obra é uma história atemporal que continua a encantar leitores de todas as idades. Se você tem dúvidas sobre o livro, sua história e suas mensagens, você veio ao lugar certo. Logo abaixo, vou responder às perguntas mais frequentes sobre "O Pequeno Príncipe", uma delas pode ser sua dúvida!

1. Quem é o autor de "O Pequeno Príncipe"?

"O Pequeno Príncipe" foi escrito e ilustrado por Antoine de Saint-Exupéry, um escritor e aviador francês. O livro foi publicado pela primeira vez em 1943 e se tornou uma das obras literárias mais conhecidas e amadas em todo o mundo.

2. Qual é a história de "O Pequeno Príncipe"?

A história de "O Pequeno Príncipe" gira em torno de um pequeno príncipe que deixa seu asteroide para explorar outros planetas e aprender sobre a vida. Ele encontra diversos personagens peculiares, cada um representando uma faceta da sociedade e da natureza humanas. O livro explora temas como amizade, solidão, amor, e a importância de manter uma perspectiva infantil sobre a vida.

3. "O Pequeno Príncipe" é um livro para crianças ou adultos?

"O Pequeno Príncipe" é frequentemente classificado como um livro infantil devido às suas ilustrações encantadoras e à narrativa simples, mas suas mensagens são igualmente relevantes para adultos. A história aborda temas complexos e filosóficos, tornando-o uma leitura valiosa para todas as idades.

4. Qual é a mensagem principal do livro?

Uma das mensagens centrais de "O Pequeno Príncipe" é a importância de ver o mundo com olhos de criança, mantendo a imaginação e a curiosidade. Também aborda a ideia de que o amor e a amizade são essenciais na vida e que é responsabilidade de cada um cuidar dos outros.

5. Onde se passa a história de "O Pequeno Príncipe"?

A história se passa em vários planetas, mas o livro começa no asteroide B-612, onde o Pequeno Príncipe vive, antes de viajar para outros planetas, incluindo a Terra.

6. "O Pequeno Príncipe" é baseado em fatos reais?

Embora Antoine de Saint-Exupéry tenha sido um aviador e tenha vivido várias experiências que possam ter influenciado a história, "O Pequeno Príncipe" é uma obra de ficção. A história é frequentemente interpretada como uma alegoria e não uma narrativa biográfica.

7. Existem adaptações cinematográficas de "O Pequeno Príncipe"?

Sim, "O Pequeno Príncipe" inspirou diversas adaptações cinematográficas ao longo dos anos, incluindo filmes de animação e filmes live-action. Algumas dessas adaptações se mantêm fiéis à história original, enquanto outras oferecem interpretações criativas. No início dessa postagem eu apresentei a maioria, é só voltar e conferir.

8. O livro "O Pequeno Príncipe" é uma leitura recomendada?

Sim, "O Pequeno Príncipe" é altamente recomendado como uma leitura enriquecedora e emocionalmente impactante. Suas mensagens atemporais e sua capacidade de tocar o coração dos leitores tornam-no uma escolha popular para pessoas de todas as idades.

9. O que fala a história do Pequeno Príncipe?

A história de "O Pequeno Príncipe" gira em torno de um jovem príncipe que vive em um pequeno asteroide. Ele decide deixar seu planeta para explorar outros mundos e aprender sobre a natureza humana. Durante sua jornada, ele encontra personagens peculiares, cada um representando aspectos diferentes da sociedade e da condição humana. O livro aborda temas como amizade, solidão, amor e a importância de manter uma perspectiva infantil sobre a vida.

10. Qual é a moral da história do Pequeno Príncipe?

A moral da história de "O Pequeno Príncipe" é a importância de valores como amor, amizade, empatia e compreensão. Através das experiências do Pequeno Príncipe em sua jornada, o autor Antoine de Saint-Exupéry destaca a necessidade de cuidar uns dos outros e de ver o mundo com olhos de criança, mantendo a imaginação e a curiosidade ao longo da vida. O livro também enfatiza a ideia de que o essencial é invisível aos olhos, e que as coisas mais importantes são aquelas que não podem ser vistas, mas sim sentidas no coração.

11. Qual é a mensagem que o livro do Pequeno Príncipe passa?

O livro "O Pequeno Príncipe" transmite várias mensagens poderosas. Além das lições sobre amor, amizade e a importância de manter a imaginação viva, ele também aborda a ideia de que cada pessoa é responsável por aquilo que cativa, ou seja, que as conexões emocionais que estabelecemos com os outros são fundamentais em nossas vidas. Além disso, a história nos convida a refletir sobre como as prioridades da vida podem se tornar mais claras quando vemos o mundo com simplicidade e sinceridade, como uma criança.

12. Qual a idade para ler O Pequeno Príncipe?

"O Pequeno Príncipe" é frequentemente categorizado como um livro infantil, devido às suas ilustrações encantadoras e linguagem acessível. No entanto, suas mensagens e temas são igualmente relevantes para adultos. Portanto, não há uma idade específica para ler o livro. É adequado para leitores de todas as idades, desde crianças que podem apreciar a história e as ilustrações até adultos que podem compreender e se identificar com as mensagens filosóficas e emocionais que a obra contém. Em muitos casos, é até mesmo uma leitura recomendada para pais e filhos lerem juntos, permitindo discussões enriquecedoras sobre a vida e seus significados.

13. Qual é o resumo do livro O Pequeno Príncipe?

"O Pequeno Príncipe" é uma história encantadora que narra as aventuras de um pequeno príncipe que vive em um pequeno asteroide. Ele deixa seu planeta em busca de conhecimento e viaja por vários outros mundos, onde encontra personagens peculiares, como um rei, um vaidoso, um bêbado, um acendedor de lampiões, um geógrafo e outros. Cada encontro com esses personagens ensina ao Pequeno Príncipe valiosas lições sobre a natureza humana e a vida. Ele eventualmente chega à Terra, onde conhece um piloto de avião que se torna seu amigo. Através de suas experiências, o livro aborda temas como amizade, amor, empatia e a importância de manter uma perspectiva infantil sobre a vida.

14. Qual é a mensagem que o livro O Pequeno Príncipe passa?

O livro "O Pequeno Príncipe" transmite várias mensagens poderosas, incluindo a importância do amor, da amizade, da empatia e da compreensão. Ele destaca a ideia de que o essencial é invisível aos olhos e que as coisas mais importantes na vida são aquelas que não podem ser vistas, mas sim sentidas no coração. A obra também nos convida a manter a imaginação e a curiosidade ao longo de nossas vidas, bem como a cuidar uns dos outros e ver o mundo com simplicidade e sinceridade.

15. Qual é o tema principal da história do Pequeno Príncipe?

O tema principal da história de "O Pequeno Príncipe" é a busca por significado e conexão na vida. Através das experiências do Pequeno Príncipe em sua jornada, o livro explora temas como amor, amizade, empatia, solidão, e a importância de manter uma perspectiva infantil sobre o mundo. Além disso, o livro destaca a ideia de que as relações e as experiências pessoais são fundamentais para o crescimento e a compreensão da vida.

O Pequeno Príncipe Frases

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

Essa frase destaca a ideia de que, criar laços e amizades, implica em responsabilidades e cuidados com nossos relacionamentos.

"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos."

Esta frase enfatiza que as coisas mais importantes na vida não podem ser percebidas apenas visualmente, mas sim com o coração e a empatia.

"As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias."

O autor destaca como as perspectivas de cada pessoa são únicas e como as estrelas podem representar orientação e significado para alguns.

"Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que fez tua rosa tão importante."

Esta frase ressalta como o investimento de tempo e atenção em um relacionamento torna esse relacionamento valioso e especial, referindo-se à relação do Pequeno Príncipe com sua rosa.

"Tu és eternamente responsável por aquilo que domesticaste."

O autor sublinha como, ao criar laços e cuidar de algo ou alguém, assumimos a responsabilidade por seu bem-estar, como o Pequeno Príncipe faz com seu planeta e suas pequena flor, a Rosa.

O Pequeno Príncipe Livro PDF para download

É só clicar no link 👉o pequeno principe pdf

  • Título: O Pequeno PríncipeAutor: Antoine de Saint
  • Instituição: Virtual Books
  • Ano: 1943 – 1ª Edição
  • Nº de Páginas: 070
  • Formato: .pdf

Referências bibliográficas

SAINTE-EXUPÉRY, Antoine. O Pequeno Príncipe: com aquarelas do autor. Editora: Agir.

Espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre esta grande Obra Literária Mundial. 

No meu Blog tem uma sequência didática para alfabetização com todos os passos para você criar um livro e um podcast dos seus alunos e alunas, se quiser conferir é só clicar no link abaixo 👇

https://www.apoiopedagogico.blog.br/2022/03/sequencia-didatica-para-alfabetizacao.html

Se curtiu, não deixe de comentar e tornar-se um seguidor. Abraço e até a próxima!😉


Prof. Elias

Formado em Letras/Português pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro e em Pedagogia pela Universidade Camilo Castelo Branco. Psicopedagogo, Autor de livro e Professor de Projeto de Apoio Pedagógico há 12 anos. instagram facebook

2 Comentários

Não deixe de comentar! Sua opinião é importante e será bem-vinda, e me ajudará a trazer sempre conteúdos melhores.

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال